sexta-feira, 06 dezembro 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Economia

Cai isenção de pedágio na BR-393 para moradores de distritos de Barra do Piraí1

Cobrança será iniciada no próximo domingo

26/11/2019 10:56:27

 Os moradores dos distritos de Dorândia, Califórnia, Vargem Alegre e São José do Turvo, em Barra do Piraí, terão que voltar a pagar pedágio na BR-393 (Rodovia Lúcio Meira), para se deslocarem de suas comunidades para a sede do município e vice-versa. A decisão é do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (Rio de Janeiro e afeta 700 moradores dos quatro distritos cadastrados na concessionária para não pagarem o pedágio localizado em Dorândia, no km 265.

Em sua decisão, o  desembargador federal José Antônio Lisboa Neiva aponta que a suspensão da isenção não se configura uma violação do direito de ir e vir dos moradores de Barra do Piraí, pois existe via alternativa para uso. Não cabe mais recurso.

A volta da cobrança começará no próximo dia 1º de dezembro (domingo), segundo já decidiu a concessionária. para que os usuários tenham tempo de se preparar.

Em sua decisão, o  desembargador federal José Antônio Lisboa Neiva aponta que a suspensão da isenção não se configura uma violação do direito de ir e vir dos moradores de Barra do Piraí pois existe via alternativa para uso.

Em julho de 2017, a prefeitura de Barra do Piraí conseguiu na Justiça suspender a cobrança para os moradores do distrito.

Prefeitura diz que vai urbanizar caminho alternativo

Após a publicação desta reportagem, o prefeito de Barra do Piraí, Mario Esteves, procurou tranquilizar os usuários da rodovia. Ele afirmou, segundo sua assessoria, que vai criar uma via alternativa para a circulação dos veículos, sem ônus para a população.

- Queremos tranquilizar os moradores destes distritos. Quero dizer a todos que estamos criando aqui um caminho alternativo. São seis quilômetros que vão ser urbanizados, calçados, com asfaltamento. A partir desta quarta, serão duas frentes de trabalho, sendo uma vindo de Barra do Piraí a Vargem Alegre e outra no sentido contrário. Creio que, em 20 dias, a estrada estará pronta. E vamos ao Departamento de Estradas e Rodagens, o DER, para que seja asfaltado. Para a concessionária vai ser pior, pois agora todos poderão passar por ali sem pagamento do pedágio. E é uma covardia o que estão fazendo, pois era um número irrisório se comparado a toda população – frisou o prefeito.

Em 2017, ainda nos primeiros meses de sua gestão, Mario Esteve ingressou na Justiça contra o pagamento do pedágio que era aplicado aos moradores daqueles distritos. A causa foi aplicada a quem precisava utilizar a BR-393 para trabalhar no primeiro distrito. (Foto: Divulgação)

Atualizada às 13h29min

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

19:47 Esporte