sexta-feira, 18 junho 2021
Fale Conosco | (24)3343-5229

Especiais

Clube de assinatura une história do Vale do Café à gastronomia local

20/04/2021 17:09:03

O casal de valencianos Marcelo Ribeiro e Lívia Mouffron decidiu investir num modelo de negócio diferente e que está em crescimento no mundo inteiro: os clubes de assinatura. Juntos eles criaram a Caixa Rural, um clube que une história à gastronomia, levando a todo o Brasil os sabores rurais e artesanais feitos por pequenos produtores locais. No ano de 2021, o foco será o Vale do Café.

À frente do Empório Rural Valença, uma loja familiar de produtos da região, os dois viram na pandemia a necessidade de se adaptar e buscar novos caminhos para o futuro do negócio. Tendo o desejo de começar as vendas online, foram pesquisar os possíveis modelos e investimentos. Descobriram que os clubes de assinatura estavam em alta e não tiveram dúvida de que aquele seria o novo empreendimento deles.

"A gente não queria um e-commerce tradicional, onde a pessoa abre o site e seleciona o produto que quer comprar. O que fazemos na loja física é proporcionar às pessoas uma experiência da nossa região. Então, sempre que recebemos alguém na loja, contamos a história dos produtos, explicamos sobre a origem, a produção e os produtores. E foi isso que nós tentamos levar também para o clube de assinaturas", contou Marcelo.

Os assinantes da Caixa Rural recebem mensalmente em casa uma kit com quatro a cinco produtos, podendo ser doces, geleias, antepastos, cervejas, cachaças, conservas, queijos e muito mais. Sempre acompanhados de flyers contando a história das cidades, dos produtos e dos produtores. Além disso, os assinantes receberão brindes exclusivos, sempre relacionados ao tema da Caixa Rural e ao trabalho de divulgação local realizado por ela. A Caixa Rural está no Instagram: @caixarural. Lá é possível encontrar todas as informações sobre o clube, assim como conhecer os planos e valores disponíveis.

COMO FUNCIONA UM CLUBE DE ASSINATURA? - Clube de assinatura é um modelo de negócio no qual os produtos são comercializados de forma periódica. O assinante adquire um pacote, paga um valor fixo (que normalmente é mensal) e desfruta dos benefícios pelo período contratado. É como assinar um pacote de TV, internet ou plataformas como a Netflix e o Spotify. Grande parte dos clubes de assinatura aposta em produtos físicos de um determinado nicho. O modelo se adequou perfeitamente às exigências impostas pela pandemia, pois as pessoas recebem em casa seus produtos preferidos, evitando aglomerações.

Entre os segmentos que mais têm recebido a atenção dos empreendedores e assinantes estão livros, bebidas, alimentos, beleza e pet. Normalmente, os clubes trabalham com planos e os mais tradicionais são os mensais, semestrais e anuais. Além disso, é comum oferecer um plano avulso, para experimentar o clube. Quanto maior o tempo de fidelidade do assinante, menor será o valor pago pelo plano.

CRESCIMENTO DO SETOR DURANTE A PANDEMIA - O aumento do investimento em clubes de assinatura é tendência no mundo inteiro. No Brasil, o setor teve um grande crescimento durante a pandemia da covid-19. Segundo a Betalabs, empresa de tecnologia especializada em soluções para comércio eletrônico, o país registrou em 2020 um aumento de 60% no setor, em relação a 2019. Neste período, foram lançados 800 novos clubes, com uma média de 605 novos clientes diários.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

18:19 Saúde