sexta-feira, 18 junho 2021
Fale Conosco | (24)3343-5229

Internacional

Justiça francesa vai processar Air France e Airbus por acidente no voo AF 447

Engenheiro de Barra Mansa foi uma das vítimas

12/05/2021 11:55:54

O Tribunal de Apelação de Paris anunciou nesta quarta-feira (12) que vai processar as empresas AirFrance e Airbus por responsabilidade indireta no acidente do voo Rio-Paris,  que matou 228 pessoas em 2009. A acusação é de homicídio involuntário. A decisão, comemorada pelos familiares das vítimas, suspende decisão anterior que favorecia a companhia aérea e o fabricante europeu de aeronaves. A Airbus vai apelar para a Suprema Corte e a Air France nega ter cometido crime.

O acidente com o Airbus A330 que cobria a rota Rio de Janeiro-Paris caiu no Oceano Atlântico no dia 1º de junho de 2009, matando 228 pessoas de 34 nacionalidades. Uma das vítimas era o engenheiro de Barra Mansa Luiz Claudio Alves de Monlevad, de 48 anos. Funcionário da metalúrgica Saint-Gobain, Luiz Claudio foi o primeiro a ter o corpo identificado após o resgate no oceano. Ele estava a caminho de Nancy, na França, para participar de um evento de sua empresa.

Segundo reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, após uma década de batalhas judiciais, apelo das famílias e do sindicato dos pilotos de aeronaves,  o procurador-geral decidiu incluir também que a Airbus fosse a julgamento alegando falhas no equipamento, já que inicialmente só eram atribuídas falhas humanas de treinamento dos pilotos, negligência e imprudência. (Foto: Marinha do Brasil)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

18:19 Saúde